Artesanato Kariboka

Umas das grandes riquezas conhecidas em nossa comunidade indígena é o artesanatos. Existem os mais diversos tipos: colares, pulseiras, brincos, anéis, saias, cocares, cerâmicas e também artesanatos que além de serem instrumentos de caças e pescas são utilizados nas danças e rituais de algumas comunidades como o arco e flecha e a borduna. Os materiais mais utilizados na nossa aldeia para fabricação dos artesanatos são as sementes, palhas, madeiras, barro, penas, ossos de animais. Assim, nós escolhemos os materiais para fabricação, conforme conseguimos encontrar no meio ambiente que nos cerca.

O COLAR

É A IDENTIFICAÇÃO DO GUERREIRO

 

Considerando o mundo tribal como uma série de significados, para a definição do guerreiro (arqueiro), como forma de status sócio-cultural. Como diz a tradição: "se quiseres conhecer um guerreiro olhe o seu colar", porque em seu pescoço traz seus títulos, habilidades, capacidade e sua formação ao longo de sua vida como membro de uma sociedade. Ao iniciar suas atividades na comunidade, o jovem segue o processo de reconhecimento, segundo a tradição, nas artes de caçar, pescar, coletar, curar, necessárias a sua formação, como maturidade individual. Uma das formas de simbolizar sua capacidade de ação nessa sociedade é a constituição do "Colar". Cada elemento (dente, pedras, semente, etc.) funciona como um distintivo do guerreiro

O Cocar

símbolo de status ou classe na tribo

 

 

Sua beleza era considerada de importância secundária, o valor real do cocar estava em seu suposto poder para proteger o usuário. O cocar é de uso apenas para ocasiões especiais e é altamente simbólico. O cocar é conquistado por meio de atos de coragem na batalha, as penas significavam os próprios atos. Alguns guerreiros poderiam ter obtido apenas dois ou três penas de honra em toda a sua vida, pelo fato da alta dificuldade para conquistá-los. O cocar também foi uma marca maior de respeito, porque nunca poderia ser usado sem o consentimento dos líderes da tribo. Uma grande honra, por exemplo, foi recebido pelo guerreiro que foi o primeiro a abater um inimigo no campo de batalha, por isso significava que o guerreiro estava bem na frente de combate. Penas foram entalhadas e decoradas para designar um evento e conta histórias individuais, como matar, capturar arma e escudo de um inimigo, e se o ato tivesse sido feito a cavalo ou a pé.

 

Produtos Kariboka

  • Cocar
  • Tiara
  • Apitos
  • Colares
  • Anéis
  • Maraca
  • Cachimbos
  • Bincos de pena
  • Palitos de cabelo
  • Pulseiras
  • Filtro dos Sonhos
  • Arco e flecha
01

ArtesanatoKariboka

>>
O artesanato indígena representa, acima de tudo, a essência de um povo, seu modo de vida, pensamento, cultura e costumes.
02

EcologiaTurismo

Ao abrir nossa aldeia para Turismo ecolôgico ou Ecoturismo, com visitas monitorada oferecemos uma opção diferente de lazer e cultura.
03

EventosCongressos

>>cul
Apresentamos nossa cultura através do canto, dança, arte, artesanatos e exposições fotográficas em eventos sociais, empresariais, sem discriminação alguma.