Quem somos

A Associação Kariboka, nasceu em 1.997 com um grupo de indígenas que trabalham por conta própria como voluntários, em busca de melhorias de vida para pessoas menos favorecidas. Esse grupo trabalha na arrecadação de doações e distribuição das mesmas para pessoas, famílias, comunidades e Aldeias menos favorecidas. Esse trabalho foi crescendo porque a procura pelas ajudas oferecidas são muitas, e apesar de todos os esforços, não está sendo possível atender a todos que nos procuram. Observando a grande limitação de trabalharmos apenas como um grupo de pessoas, fizemos uma reunião para encontrar um caminho que nos ajudasse a conseguir aumentar as doações que recebíamos, e nessa reunião resolvemos criar uma Associação, assim com a criação da ONG iríamos conseguir arrecadar mais doações, inclusive de órgãos públicos, banco de alimentos, empresas privadas etc... e dessa forma poderíamos ampliar nosso trabalho social e juntamente o cultural, retomando e resgatando a cultura indígena que está morrendo com a urbanização dos povos indígenas que vivem fora das Aldeias, preservando costumes cultura e sobretudo lutando pela preservação ecologica, também levando os benefícios a varias comunidades e aldeias que muito necessitam de ajuda. Durante esses anos todos, além de arrecadar e distribuir doações de alimentos, roupas, calçados, brinquedos, móveis, utensílios domésticos, fizemos uma parceria com médicos, enfermeira padrão, técnicos de enfermagem, auxiliar de enfermagem, biólogos etc... todos voluntários e principalmente com a ajuda do Colégio Santa Izildinha que através da Dra. Ana Maria Bardieri que acompanhada de seus alunos realiza todas as Coletas, e, utilizando o laboratório da escola realiza todos exames que nós nos propomos a fazer nos mutirões da saúde. Todos os anos, desde 1997 fazemos um Mutirão da Saúde, onde temos também os Médicos Dr. Flávio Martins Rston – CRM 32.488 e Dra. Eliane Rston – CRM 40.878 que atendem essas pessoas gratuitamente nos mutirões e continuam os tratamentos em seus consultórios quando as pessoas necessitam de acompanhamento. Fazemos também em parceria com o Centro de Recuperação Humana da Gezebel almoços de Páscoa, Natal e Festa em homenagem ao dia da criança, com distribuição de doces e brinquedos arrecadados. Esse trabalho se expandiu com muita dificuldade, como não tinhamos perdonalidade juridica e principalmente pelo fato de sermos indígenas urbanospois, para arrecadar doações era muito difícil, mesmo assim nunca desistimos e continuamos nossa luta, como podemos hoje comprovar através de fotos de eventos por nós realizados. Eventos que tem como objetivo mostrar a cultura indigena, sucitar a consciencia da impottancia da preservação ecologica, eventos este realizados em várias Escolas, Creches, Reuniões e Conferências em vários municípios do Estado de São Paulo, e do Brasil, aproveitamos este encontros culturais e sociai para arrecadar alimentos, calçados, roupas etc... Usando o lema "O seu lixo pode ser o luxo de alguém menos favorecido". Esse grupo de indígenas voluntários, são os fundadores da Associação Kariboka de Ecoturismo, hoje uma Associação registrada em Cartório, com CNPJ, Inscrição Municipal, Inscrição no INSS e CEF. Desejamos triplicar o número de pessoas atendidas desde o início do nosso trabalho, e para isso estamos buscando junto aos órgãos competentes o Registro e os Certificados de Utilidade Pública Municipal, Estadual, Federal e o CNAS, para assim, podermos captar recursos financeiros e darmos andamento na ampliação dos trabalhos. Sendo importante ressaltar que de 1997 até o presente momento em 2010 não obtivemos recursos financeiros para a implantação dos trabalhos mencionados, sendo 100% dos recursos foram levantados através de doações de produtos da população e mão-de-obra solidária. Acreditamos que apesar da escassez de recursos, a produtividade da Associação foi excelente, mostrando que há um potencial excepcional a ser explorados com os certificados que estamos pleiteando, esperamos nos tornarmos mais fortes em nossa luta, pois sempre trabalhamos e continuaremos trabalhando para ajudar orientar e encaminhar todos aqueles que necessitam de ajuda, independente de raça, credo, cor ou religião. Os índios Karibokas estão saindo da escuridão para tentar dar uma qualidade de vida melhor para seus irmãos e parentes. Nosso trabalho é voltado á Presevação da natureza, Saúde, Educação, Cultura e Bem Estar Social aos menos favorecidos, principalmente indígenas.

Membros de nossa ONG

    Potiguara - Presidente

    Urukã - Vice Presidente

    Uirapuruana - Tesoureira

    Jaguareté - Secretária

    Pantera - Conselheira

    Kanindé - Conselheira

    Àguia Dourada - Conselheira

01

ArtesanatoKariboka

O artesanato indígena representa, acima de tudo, a essência de um povo, seu modo de vida, pensamento, cultura e costumes. >>
02

EcologiaTurismo

. Ao abrir nossa aldeia para Turismo ecolôgico ou Ecoturismo, com visitas monitorada oferecemos uma opção diferente de lazer
03

EventosCongressos

>>
Apresentamos nossa cultura através do canto, dança, arte, artesanatos e exposições fotográficas em eventos sociais, empresariais, sem discriminação alguma.